Editorial: Retrospectiva de shows

Mesmo com tantas tragédias, intempéries, desgosto e afins (…que não é o meu caso), de uma maneira geral, 2016 foi um ano muito favorável para ver bandas. Teve de tudo um pouco e, mesmo nos 45 minutos do segundo tempo, ainda há algumas atrações por vir.

Eu, particularmente, já encerrei os “trabalhos”  do ano e gostaria de deixar aqui uma seleção voltada para as atrações que pude ver ao vivo. Tem de tudo! Banda de amigo, de inimigo, de rock, rap, experimental, latino…Ficou faltando algumas bandas mas, também, como a lista já tinha muitas canções, não quis me estender.

Claro que eu gostaria de ter visto várias outras como o Brian Jonestown Massacre e Courtney Barnett (tocaram no Music Wins Fest e eu perdi, estando na Argentina) mas são coisas da vida. Não se pode ter tudo e estar em todos os lugares e, em questões como essa, a tal de “uma coisa compensa outra”  funciona bem pra quem ama e faz a música acontecer.

Sem mais delongas, segue o link do Spotify!  Divirtam-se, conheça, compartilhem, opinem, rejeitem. Afinal de contas, ainda vivemos uma democracia e quanto mais conversarmos sobre música, mais nosso conceito melhora. E esse é o meu norte para escrever aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s